sexta-feira, 19 de março de 2010

Solitude

Enquanto o poeta escreve seus poemas, eu pinto os meus.
A cor também fala ao coração, e o amarelo nos dá inspiração.
A flor esta só, porém feliz; desabrocha mesmo que ninguém a admire.
Ela é única, tem seu tempo de vida curto mas suficiente para dar seu recado.
A pintura eterniza as memórias do artista.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...